Recomendar esta página no Facebook            Enviar a um amigo

Artigos

Atividades Sensoriais para coordenação motora


Atividades Sensoriais para coordenação motora

 

 ATIVIDADES SENSORIAIS PARA COORDENAÇÃO MOTORA

Os primeiros anos de vida são essenciais para o desenvolvimento físico e aprendizagem de crianças. Nesta etapa, estas necessitam de um ambiente apropriado e enriquecido para que possam responder, interagir e aprender. E sabe como isso ocorre?

Pelo Brincar!!!! Sim, brincadeiras que envolvem movimento e corpo podem favorecer aprendizagem que, futuramente, permitirão habilidades e comportamentos apropriados para idades mais avançadas. O primeiro ano de vida é marcado pelo desenvolvimento motor que garantirá funções mais complexas relacionadas à fala, à aprendizagem, à resolução de problemas e ao comportamento. Gradativamente, a criança aprimora o controle e consciência do corpo, ganha estabilidade nas diversas posições, melhora coordenação motora e planejamento. Tais aptidões motoras capacitam a criança a aprimorar outras funções que exigem de mais conexões e áreas cerebrais como, por exemplo, o raciocínio lógico, a resolução de problemas, a adaptação do comportamento e a personalidade.

Assim, apresentamos aqui algumas atividades que podem incrementar o repertorio de brincadeiras. A proposta é que papais e mamães reservem um tempinho para brincar, mas....não exagerem hein! Respeitem os limites e necessidades de cada um!!!!Aproveitem as dicas:

Atividade – Escorregador de Brinquedos

Material: escorregador ou rampa de espuma ou madeira, carrinhos, bolas, brinquedos diversos, almofadas ou potes para recolher os brinquedos, arco de madeira ou espuma (para montar a ponte).

Preparação e segurança: Ofereça segurança física durante a subida e descida do escorregador. Certifique-se de que o solo ofereça segurança e estabilidade. Mantenha a criança sob vigilância durante toda a atividade.

Atividade: Oferecer brinquedos como carrinhos, bonecos ou bolas para que a criança deixe-os escorregar na rampa de espuma ou madeira. Incentivar a criança a jogá-los de alturas diferentes e observar sua queda. Proponha jogar dois objetos ao mesmo tempo e observá-los. Monte uma “ponte” ao final da rampa para que os objetos “desapareçam” dentro da ponte e “reapareçam” ao sair da ponte.

Variações: Monte alvos para que os objetos jogados do escorregador derrubem-os. Jogue vários objetos em sequencia e incentive a criança a derrubar os alvos. Ofereça objetos de diferentes tamanhos e peso para serem jogados do escorregador. Monte “pistas” com fita crepe para que a criança escolha de onde jogar os objetos.

Principais Funções facilitadas: coordenação motora fina, coordenação visuomotora, percepção espacial, percepção temporal, permanência de objeto, comunicação.  

 

Dra. Zodja  Graciani. Fisioterapeuta mestre em ciências da Saúde pela FMUSP. Docente do curso de Fisioterapia da Universidade Presbiteriana Mackenzie e Supervisora Clínica da Artevidade Clínica Multiprofissional. Autora do livro: "Atividades Sensoriais: na clínica, na escola, em casa." São Paulo Ed. Memmon 2012   Contatos: (11) 2915-7511 e-mail: zodja@artevidade.com.br  site www.artevidade.com.br

Comentários
Nenhum comentário inserido. Seja o primeiro a comentar!

FAÇA SEU COMENTÁRIO

Nome:
E-mail:
Comentário:
Código de segurança:
*comentários considerados ofensivos serão moderados.

Cadastre seu e-mail para acompanhar as novidades: